Taxa de câmbio:

Tempo:

AO VIVO

13:00 Agora no ar Scooter de chute

Ver online
Scooter de chute

13:00

Agora

Scooter de chute

Mesmo as viagens mais longas têm suas próprias normas. Quer compor o seu próprio guia de viagem espe...

Ver online
16+

13:25 A seguir no ar Checklist

Checklist

13:25

A seguir

Checklist

As baías de Sakhalin, as estepes infinitas de Elista, milhares de lagos de Altai e muito mais no pro...

16+
Россия
15 de outubro de 2021 12:24

A Federação Russa relata o número recorde de mortes diárias da COVID-19

A Federação Russa relata o número recorde de mortes diárias da COVID-19

Nas últimas 24 horas na Rússia foram registrados 973 óbitos por COVID-19, o que é o número mais alto desde o início da pandemia. Isto elevou o número de mortos no país para 218.345, segundo os dados fornecidos na terça-feira pelo centro oficial de monitoramento e resposta, informa a Agência Xinhua, parceira da TV BRICS.

Foram registrados 28.190 novos casos de infecção, é o número total de casos em todo o país atingiu 7.832.964. O número de pessoas que se recuperaram aumentou em 20.706 para 6.894.285.

Em Moscou, foram registrados 4.699 novos casos, elevando o número total de casos na cidade para 1.688.376.

Vinte locais de testes rápidos de coronavírus gratuitos foram abertos na capital russa, e cada um deles pode atender por volta de 200 pessoas por dia.

Na última sexta-feira, a vice-primeira-ministra russa Tatyana Golikova assegurou que 47,8 milhões de pessoas receberam pelo menos uma dose da vacina contra a COVID-19 e 42,4 milhões foram totalmente vacinadas.

O porta-voz do presidente russo Dmitry Peskov afirmou que o nível de vacinação na Rússia era "inaceitavelmente baixo", levando às taxas de mortalidade tão altas em meio a uma propagação das variantes mais agressivas do vírus.

Ele exortou os cidadãos russos a se vacinarem advogando a mídia nacional a promover essa ideia.



Mais sobre o tema
Oito capitais brasileiras já cancelaram as festas de fim de ano
A RPC, agora, tem doutorado em ciência quântica
A África do Sul decidiu não impor novas restrições
O apoio da Índia permitiu que a Rússia se tornasse parceira de diálogo da IORA
África do Sul teme mais isolamento do que variante
Enem: candidatos são liberados com prova antes da hora e voltam à sala
Mais