Taxa de câmbio:

Tempo:

AO VIVO

10:20 Agora no ar BRICS Inform

Ver online
BRICS Inform

10:20

Agora

BRICS Inform

Reportagens ao vivo das coisas mais importantes, das exposições e estreias, das cimeiras, do transpo...

Ver online
16+

11:25 A seguir no ar O idioma da dança

O idioma da dança

11:25

A seguir

O idioma da dança

Todo mundo dança! Todos nós já nos remexemos ao som da música pelo menos uma vez na vida. Daí a afir...

16+
ЮАР
13 de maio de 2022 15:15

A maioria dos setores da economia sul-africana passará a usar energia "verde"

A maioria dos setores da economia sul-africana passará a usar energia "verde"

O governo da África do Sul planeja desenvolver uma estratégia para uma transição justa para a energia "verde". A prioridade será dada ao crescimento econômico e aos meios de subsistência daqueles que serão afetados por essa transição, assim como a uma redução das emissões dos gases do efeito estufa.

Esta decisão foi tomada durante uma conferência multilateral realizada em Joanesburgo que durou dois dias.

Em dezembro de 2020, o presidente sul-africano Cyril Ramaphosa ordenou a criação de uma comissão presidencial sobre mudanças climáticas que, desde então, viaja pelo país registrando as opiniões da população sobre o que deve ser incluído no plano de transição. Um ponto bastante mencionado foi o de que os trabalhadores e as comunidades devem ter seus direitos garantidos e receber apoio durante o período de transição. Muitos enfatizaram que é preciso haver um equilíbrio entre risco e possibilidade.

Blade Nzimande, Ministro do Ensino Superior, Ciência e Tecnologia do país, levou em conta os pontos de vista das várias partes interessadas. De acordo com o político, é preciso ensinar sobre as mudanças climáticas em todos os níveis educacionais, assim como para os funcionários de diferentes tipos de organizações.

"Precisamos de uma trajetória determinada de crescimento econômico para lidar com as mudanças climáticas. Fico feliz que as discussões tenham se concentrado na inovação, no desenvolvimento das habilidades e na educação. Não podemos ser educados sem aprender sobre as questões das mudanças climáticas, tanto na educação formal quanto na informal. Essa transição afetará todos os setores da sociedade", disse Nzimande.

Todos os participantes da conferência consideraram que são necessárias medidas urgentes para resolver o problema das mudanças climáticas, informa China Daily, parceiro da TV BRICS.




Mais sobre o tema
Ministros do BRICS pedem cooperação em nova revolução industrial
África do Sul promete fortalecer solidariedade e cooperação com Rússia, China, Índia e Brasil
Clientes chineses mais satisfeitos com serviços de entrega expressa
No Brasil chega ao fim o estado de emergência sanitária pela COVID-19
TV BRICS e o China Daily Group fecharam acordo de parceria
Exposição de carros elétricos realizada em Bangalore
Mais