Taxa de câmbio:

Tempo:

Brasil pode usar aparelhos veterinários para tratar humanos afetados pelo coronavírus

Brasil pode usar aparelhos veterinários para tratar humanos afetados pelo coronavírus


A busca por ajuda e suporte técnico no combate ao novo coronavírus passou a incluir profissionais veterinários e seus equipamentos utilizados em procedimentos com animais. O objetivo é cadastrar médicos e equipamentos que possam ser usados em humanos, como monitores de medição cardíaca e respiratória e respiradores mecânicos. Esses equipamentos, com pouca adaptação, podem auxiliar no tratamento de humanos.

Douglas Frigo, médico veterinário há 20 anos e dono de uma clínica com centro cirúrgico para cães e gatos na Vila Prudente, em São Paulo, já cadastrou seus equipamentos na Academia Brasileira de Medicina Veterinária Intensiva, que tem liderado a ação.

«É uma situação extrema, para a qual a gente já está se preparando. Os equipamentos que são usados em pequenos animais são compatíveis com o uso humano. Nós tivemos essa iniciativa de fazer um cadastro de clínicas e hospitais veterinários que poderiam disponibilizar esses equipamentos em casos de necessidade de uso em humanos, caso o sistema fique sobrecarregado e haja emergência de uma hora para outra», disse Frigo ao Estadão.

Clínicas e hospitais veterinários são obrigados a possuírem um monitor multiparamétrico, aparelho que verifica batimentos cardíacos, o sistema respiratório e a oxigenação do sangue. Outro equipamento que pode apoiar no tratamento contra a covid-19 é um respirador mecânico, que funciona como um pulmão artificial. «Mesmo que a pessoa não tenha força para respirar, ele faz o papel de um pulmão, fazendo com essa respiração ocorra», explica.

Os próprios veterinários também podem ser chamados para prestar socorro. O Conselho Federal de Medicina Veterinária também iniciou o cadastramento de profissionais que poderão ser chamados, em caso de necessidade. «É uma iniciativa importante. O veterinário pode trabalhar como uma equipe de suporte aos médicos de humanos», comentou Frigo.

Há cerca de 125 mil médicos veterinários no Brasil inscritos no Conselho Federal. São Paulo é o Estado que concentra a maior parte desses profissionais, com mais de 33 mil veterinários. Em todo o País, são mais de 21 mil estabelecimentos veterinários, englobando cerca de 550 hospitais e 20 mil clínicas, além de laboratórios, consultórios e ambulatórios, informa o repórter de tvbrics.com com referência ao Terra.

Photo: pixabay.com

Mais sobre o tema
SP lança programa de aula online e na TV para 3,5 milhões de estudantes
Sem aulas, instituições e plataformas unem-se para ensino a distância
Com quantos rolos de papel higiênico se faz uma quarentena?
Saborosa, sem caroço e produtiva: conheça a uva BRS-Vitória
Startup brasileira cria teste para Coronavírus com resultado em 10 minutos
Energia solar vai iluminar escolas, postos de saúde e metrô de Fortaleza
Mais