Taxa de câmbio:

Tempo:

Cacau brasileiro é reconhecido internacionalmente

Cacau brasileiro é reconhecido internacionalmente

Duas amostras de cacau do Brasil, uma do Pará e outra da Bahia, estão entre as 50 finalistas do Programa Cacau de Excelência (CoEx 2019), que premia as melhoras amêndoas do mundo.

O CoEx tem como objetivo reconhecer e valorizar o trabalho dos produtores de cacau de alta qualidade, valorizando a diversidade de sabores de diferentes origens. O prêmio promove ainda a educação ao longo da cadeia, no sentido de estimular a produção de alta qualidade e a preservação dos sabores resultantes da diversidade genética. Visa ainda facilitar a comunicação e construir elos entre produtores, cadeias de abastecimento e oportunidade de mercado.

A seleção das amostras brasileiras foi feita pela Comissão do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), do Ministério da Agricultura, em parceria com o Centro de Inovação do Cacau (CIC). Inicialmente, foram apresentadas oito amostras dos maiores produtores de cacau do Brasil (cinco da Bahia, duas do Pará e uma do Espírito Santo). Já em Paris, foram selecionadas duas para concorrer à premiação final, informa o repórter de tvbrics.com com referência a canalrural. As finalistas estão entre as 50 melhores amostras do mundo.

Mais sobre o tema
O Maracujá-Doce está prestes a entrar no mercado
Produção global de café deve cair quase 1%, diz OIC
Bolsonaro terá 4 reuniões bilaterais com países do Brics, diz Itamaraty
Com Leilão do Pré-sal, Brasil pode entrar nos Top5 do Petróleo
Dia Mundial da Poupança: 5 passos para começar a poupar
Governo brasileiro discute com China criação de canal de streaming dos Brics
Mais