Taxa de câmbio:
RUB/BRL 0,0932
0,0006
RUB/INR 1,4092
0,01
RUB/CNY 0,1209
0,0009
RUB/ZAR 0,2893
0,0024
BRL/RUB 10,7503
0,0157
BRL/INR 15,1489
0,0221
BRL/CNY 1,2997
0,0017
BRL/ZAR 3,1086
0,002
INR/RUB 0,7096
0,0014
INR/CNY 0,0858
0,0001
INR/ZAR 0,2052
0,0002
INR/BRL 0,066
0,0001
ZAR/BRL 0,3219
0,0004
ZAR/RUB 3,4551
0,0039
ZAR/INR 4,8689
0,0056
ZAR/CNY 0,4177
0,0004
CNY/RUB 8,2715
0,0012
CNY/INR 11,656
0,0018
CNY/BRL 0,769
0,0014
CNY/ZAR 2,392
0,0014
Moscou -10 °C
Brasília 18 °C
Nova Deli 17 °C
Beijing 4 °C
Pretória 18 °C

23:25 O idioma da dança

O idioma da dança
23:25

O idioma da dança

A dança é um idioma que se entende sem tradução. Em cada episódio, Alexandr Kononov visita coreógraf...

16+

23:50 O planeta em extinção

23:50

O planeta em extinção

O Projeto foi criado em apoio ao “Ano ecológico” na Rússia em 2017. Cada clipe representa uma histór...

16+
O idioma da dança
06.12.2218:55 Sociedade
Cooperação entre TV BRICS e GITIS fortalecerá posições dos países do BRICS+ no campo da cultura
06.12.2216:22 Sociedade
Projeto "Cidade das histórias" recebe prêmio honorário em concurso internacional de filmes de viagem
01.12.2210:21 Sociedade
TV BRICS foi apresentada aos participantes do programa de estágio "InteRussia"
BRICS China
25.08.22 09:31
Economia

Comércio da cidade chinesa de Xiamen com países do BRICS aumenta 20,7%

A importação e a exportação entre Xiamen e a Rússia atingiram 14,8 bilhões de yuans

O comércio entre a cidade costeira de Xiamen, no leste da China, com os países do BRICS atingiu 47,9 bilhões de yuans (cerca de sete bilhões de dólares) nos primeiros sete meses deste ano, um aumento de 20,7% em relação ao mesmo período do ano passado. As notícias são da Xinhua, parceira da rede TV BRICS, com dados da Agência Alfandegária de Xiamen.

BRICS é um acrônimo para o bloco de mercados emergentes que inclui o Brasil, a Rússia, a Índia, a China e a África do Sul.

As exportações de Xiamen para os países do BRICS totalizaram 15,3 bilhões de yuans, enquanto as importações atingiram 32,6 bilhões de yuans, um aumento de 28,1% e 17,5%, respectivamente, ano a ano.

De janeiro a julho, as importações e exportações entre Xiamen e Rússia, África do Sul e Brasil atingiram 14,8 bilhões de yuans, 7,3 bilhões de yuans e 15,7 bilhões de yuans, respectivamente; isso corresponde a um aumento ano a ano de 29,8%, 25,4% e 23,3%, respectivamente.

Entre os principais produtos importados neste período estão o minério de ferro, as areias minerais pesadas, os produtos agrícolas e o linhito. Já as exportações incluíram principalmente produtos mecânicos e elétricos e bens de mão-de-obra intensiva.

Оцените материал

MORE ON THE TOPIC

05.12.2216:42 Economia
Cooperação de investimentos entre Rússia e China demonstra boa dinâmica
04.12.2215:39 Economia
Doze milhões de toneladas de mercadorias russas serão entregues à Índia via Irã
04.12.2213:23 Economia
Comércio de serviços da China aumenta 17,2% nos primeiros 10 meses
03.12.2212:25 Economia
Número de pessoas ocupadas bate recorde no Brasil
02.12.2216:22 Economia
Banco da Reserva da Índia lançará projeto piloto de rúpia digital de varejo
27.11.2212:13 Economia
Venda de veículos elétricos dispara na África do Sul
1 из
29.11.2218:18 Turismo
Nordeste da Índia, uma região única e inexplorada do país
22.11.2218:16 Sociedade
China continuará fortalecendo sua parceria estratégica com a África do Sul
17.11.2218:13 Sociedade
Especialista conta em quanto tempo novos países entrarão para BRICS