Taxa de câmbio:

Tempo:

AO VIVO

Lance Armstrong afirma em documentário que começou a se dopar com 21 anos

Lance Armstrong afirma em documentário que começou a se dopar com 21 anos


O ex-ciclista norte-americano Lance Armstrong afirmou que começou a se dopar quando tinha 21 anos. A declaração foi dada em um documentário produzido pela ESPN, que irá ao ar na próxima semana nos Estados Unidos. A produção, que se chama “Lance”, fala da vida do polêmico ex-ciclista, medalhista olímpico em Sydney 2000, que perdeu os sete títulos que conquistou da Volta da França ao admitir ter se dopado em entrevista à apresentadora Oprah Winfrey em 2013 - na esteira de uma longa investigação da Usada (Agência Antidoping dos EUA).

“Direto ao ponto... eu tinha provavelmente 21 anos (quando começou a se dopar)”, disse Armstrong, atualmente de 48 anos, no documentário, informa o repórter de tvbrics.com com referência ao GloboEsporte.

O texano venceu consecutivamente a Volta da França entre 1999 e 2005, nas equipes US Postal Service e Discovery Channel. O fato de ter superado um câncer no testículo deu ainda mais relevo à sua biografia. Porém, as crescentes suspeitas de doping colocaram gradativamente em xeque suas conquistas. Até que, no início da década passada, a Usada promoveu ampla investigação em que muitos de seus ex-companheiros, entre os quais Tyler Hamilton, acusaram-no de se favorecer de substâncias ilícitas. No desenrolar da apuração, a sentença das autoridades fez com que ele perdesse praticamente todos os principais troféus que acumulou. “A forma mais fácil é não respeitar as regras. Recebíamos injeções de vitaminas e outras coisas assim antes (dos 21 anos)? Sim, mas não era ilegal. Eu sempre questionava o que me davam? Sempre soube o que tinha nas injeções e eu sempre tomei a decisão. Ninguém me disse: “Não pergunte, vamos te dar isto e pronto'”. Eu nunca teria aceitado. Me informei, e foi um passo que dei”, afirmou Armstrong no documentário.
A Usada disse na investigação que ele foi o pivô do “sistema de doping mais sofisticado, mais profissional e mais eficiente da história do exporte”.

Mais sobre o tema
Expert em nutrição revela seis passos para emagrecer sem sofrimento
Fifa quer padronizar uso do VAR: “Cada país não pode interpretar as regras à sua maneira”
Roger Federer mira disputar as Olimpíadas de Tóquio em 2021: “É meu objetivo”
Conmebol define protocolo para retomada das competições sem presença de torcida
Barcelona oficializa venda de Arthur para Juventus
Em engajamento nas redes sociais, Flamengo só fica atrás de gigantes europeus
Mais