Taxa de câmbio:
RUB/BRL 0,063
0,0000
INR/BRL 0,6626
0,0000
ZAR/BRL 3,0203
0,0000
CNY/BRL 0,7577
0,0000
EGP/BRL 1,1486
0,0000
AED/BRL 1,5091
0,0000
USD/BRL 5,5423
0,0000
Tempo:
Moscou 19 °C
Brasília 12 °C
Nova Délhi 32 °C
Beijing 34 °C
Pretória 13 °C
Cairo 30 °C
Teerã 32 °C
Abu Dabi 33 °C
Menu
19 °C
Moscou
12 °C
Brasília
12 °C
Nova Délhi
34 °C
Beijing
13 °C
Pretória
30 °C
Cairo
32 °C
Teerã
33 °C
Abu Dabi
RUB/BRL
0,063
0,0000
INR/BRL
0,6626
0,0000
ZAR/BRL
3,0203
0,0000
CNY/BRL
0,7577
0,0000
EGP/BRL
1,1486
0,0000
AED/BRL
1,5091
0,0000
USD/BRL
5,5423
0,0000
TV BRICS Apps
Principal
Notícias
Vídeos
Menu
18.07.2411:45 Sociedade
Projetos da TV BRICS serão transmitidos na mídia dos Bálcãs
11.07.2415:15 Sociedade
Maior conglomerado de mídia da Etiópia junta-se à rede de parceiros da TV BRICS
09.07.2418:30 Cultura
Filme "Dostoiévski Intercontinental", da TV BRICS, recebeu diploma do Festival Internacional de Cinema "Literatura e Cinema"
Rússia BRICS
11.06.24 18:09
Sociedade

Ministros das Relações Exteriores do BRICS expressam seu apoio à presidência da Rússia no ano de 2024

Em uma declaração conjunta, eles reafirmaram sua disposição de fortalecer a cooperação em três áreas principais

Uma reunião de dois dias dos ministros das Relações Exteriores do BRICS, presidida pelo ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, está sendo realizada em Nijni Novgorod. Além dos dez membros da associação, o evento conta com a presença de países parceiros do BRICS.

Em uma declaração conjunta, os ministros das Relações Exteriores reafirmaram sua disposição de fortalecer a cooperação estratégica em três áreas principais: política e segurança; economia e finanças; e laços culturais e humanitários. Eles também reiteraram seu compromisso com o espírito do BRICS de respeito mútuo, igualdade, solidariedade, abertura e inclusão.

Os ministros das Relações Exteriores reiteraram a importância do G20 enquanto principal plataforma de cooperação econômica internacional, capaz de reunir tanto países desenvolvidos quanto em desenvolvimento em uma base igualitária e mutuamente benéfica.

Os diplomatas enfatizaram a necessidade de realizar esforços conjuntos para combater os desafios climáticos. Eles também observaram a crescente relevância da relação entre o desenvolvimento sustentável e a saúde global. Além disso, os ministros pediram uma maior cooperação na área de agricultura e segurança alimentar.

Eles concluíram que é importante aumentar o uso de moedas nacionais nas transações comerciais e financeiras entre os países do BRICS e fizeram referência ao parágrafo 45 da Segunda Declaração de Joanesburgo, que instrui os ministros das finanças e os presidentes dos bancos centrais dos países do grupo a considerar o uso de moedas nacionais, instrumentos de pagamento e plataformas.

"A expansão das esferas de aplicação de moedas nacionais em acordos internos entre os países do BRICS desempenhará um papel importante no aumento da flexibilidade de suas economias", opinou o ministro das Relações Exteriores do Egito, Sameh Shoukry.

Os diplomatas expressaram seu total apoio à presidência russa do BRICS em 2024, cujo lema é "Fortalecimento do multilateralismo para o desenvolvimento global equitativo e a segurança".

Durante a reunião ministerial, o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Serguei Lavrov, reuniu-se com o ministro interino das Relações Exteriores do Irã, Ali Bagheri Kani. Eles discutiram a cooperação entre os países no contexto do BRICS e da Organização para Cooperação de Xangai (OCX). Os diplomatas deram atenção especial à finalização do texto de um novo tratado abrangente entre as nações.

Os países do BRICS devem usar suas vantagens de mercado e de recursos para promover a formação de um mundo multipolar e a globalização econômica, afirmou o ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, durante a reunião.

No evento, Serguei Lavrov também se reuniu com o ministro das Relações Exteriores da Etiópia, Taye Atske Selassie. Os diplomatas trocaram opiniões sobre a cooperação no âmbito da ONU e em outras organizações internacionais.

Essa é a primeira reunião dos ministros das Relações Exteriores após a expansão do BRICS em 2024. Agora, são membros plenos da associação Brasil, Rússia, Índia, China, África do Sul, Arábia Saudita, Egito, Emirados Árabes Unidos, Etiópia e Irã. Cerca de 30 outros países têm interesse em cooperar com o BRICS em algum nível.

A reunião também contou com a presença de representantes do Bahrein, Belarus, Cazaquistão, Cuba, Laos, Mauritânia, Sri Lanka, Tailândia, Turquia, Venezuela e outros países.

Fotografia: Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia

Curto
e direto ao ponto
Uma vez por semana, cobriremos as notícias dos países do BRICS
Ao clicar no botão "Assinar", você concorda com o processamento de dados pessoais

MAIS SOBRE O TEMA

21.07.2419:00 Sociedade
Resumo semanal de notícias do BRICS
20.07.2415:30 Sociedade
Etiópia sediará sessão para IV Conferência Internacional da ONU sobre Financiamento para o Desenvolvimento Sustentável
19.07.2418:00 Sociedade
BRICS responde por 25% das exportações globais de vacinas e medicamentos
19.07.2416:30 Sociedade
Delegações do Irã e de Belarus participarão do Fórum de Mídia do Cáspio 2024
19.07.2415:15 Sociedade
Habitantes da região russa de Khântia-Mânsia aprendem sobre a vida nos países do BRICS+
18.07.2418:00 Sociedade
Número de profissionais do Mais Médicos no Brasil quase dobrou desde o início do ano
Curto
e direto ao ponto
Uma vez por semana, cobriremos as notícias dos países do BRICS
Ao clicar no botão "Assinar", você concorda com o processamento de dados pessoais