Taxa de câmbio:

Tempo:

Moscas também desempenham papel na polinização

Moscas também desempenham papel na polinização


Uma equipe de cientistas espera que o aumento do foco na importância da polinização para o nosso habitat natural ilumine o papel muitas vezes esquecido da mosca flutuante. “Quando as pessoas falam sobre polinizadores, costumam pensar na abelha domesticada que faz parte de nossas vidas há milhares de anos”, disse Karl Wotton, professor titular da Faculdade de Ciências da Vida e do Ambiente da Universidade de Exeter.

O declínio nas populações de abelhas nas mortes em massa, às vezes chamado de distúrbio do colapso das colônias, tem sido notícia nos últimos anos, informa o repórter de tvbrics.com com referência ao Agrolink. Especialistas culpam os ácaros, vírus e pesticidas pelo fenômeno, que ameaça a cadeia global de suprimento de alimentos porque as abelhas fertilizam três em cada quatro culturas cultivadas em todo o mundo.

“Em contraste, as moscas voadoras não têm essa história e as abelhas geralmente recebem crédito indevido do observador casual, pois muitas espécies de moscas são facilmente confundidas com as abelhas”, completa.

Escrevendo na revista “Proceedings of the Royal Society B: Ciências Biológicas”, Wotton e sua equipe argumentam que os insetos às vezes são polinizadores ainda mais eficazes do que as abelhas e que seu papel na proteção e fertilização das culturas é subestimado. “As moscas mostram um imenso potencial como polinizadores gerenciados alternativos”, argumenta o artigo. “Além disso, as moscas flutuantes fornecem funções ecossistêmicas não vistas nas abelhas, como proteger as culturas de pragas, reciclar matéria orgânica e transferir pólen a longas distâncias”, conclui o especialista.


Photo: pixabay.com

Mais sobre o tema
Quase 40% estão mais ativos em exercícios na quarentena, diz pesquisa
Mergulhadores registram branqueamento de corais em Fernando de Noronha
Novo normal? Designer cria «abajur» que protege os clientes da covid-19
Consumo de vídeo e áudio online cresce no Brasil, aponta pesquisa
Entenda por que a Covid-19 deixa as pessoas sem olfato e paladar
SP estende quarentena por 15 dias, mas anuncia flexibilização de isolamento
Mais