Taxa de câmbio:

Tempo:

AO VIVO
Индия
14 de outubro de 2021 09:08

O Ministério da Energia da Índia adotou uma nova regra

O Ministério da Energia da Índia adotou uma nova regra

O Ministério de Energia da Índia ordenou que as empresas de distribuição de energia elétrica realizassem medições de consumo periodicamente, como um passo importante no âmbito das reformas em andamento no setor energético, segundo informa ANI, o parceiro da rede TV BRICS.

De acordo com um comunicado divulgado pela autoridade, um regulamento a este respeito foi emitido pelo Bureau de Eficiência Energética (BEE) com a aprovação do Ministério da Energia, de acordo com as disposições da Lei de Conservação de Energia (EC) de 2001.

A notificação prevê uma contabilidade energética trimestral pelas empresas através de um gestor de energia certificado no prazo de 60 dias. Haverá também uma auditoria energética anual por um auditor energético credenciado independente. Ambos os relatórios serão tornados públicos.

Os documentos de contabilidade energética conterão informações detalhadas sobre o consumo de eletricidade por diferentes categorias dos clientes e perdas de transmissão e distribuição em diferentes áreas. Isto tornará possível identificar áreas de grandes perdas e desvios e tomar medidas para eliminá-las.

Esta medida também permitirá apurar responsabilidades dos funcionários por perdas e desvios. Estes dados permitirão que as empresas especializadas tomem as medidas adequadas para diminuir as perdas de eletricidade. Eles serão capazes de planejar efetivamente as modernizações de infraestruturas adequadas, bem como os esforços da gestão de demanda (DSM). Esta iniciativa irá contribuir ainda mais para o empenho da Índia na luta contra as mudanças climáticas para as metas do Acordo de Paris.




Mais sobre o tema
Neil Hill discute o desenvolvimento de negócios da Ford na África do Sul
Instalações solares em residências crescem 2.000% no Brasil
Premiê da Índia inaugurará fábrica de oxigênio nos AIIMS em Rishikesh
Tucano vai completar 40 anos repaginado
Criadora do AK-47 lança drone kamikaze
Ministro da Defesa conhece desenvolvimento do Link-BR2
Mais