Taxa de câmbio:

Tempo:

ONU e OMS apoiam a base informacional dos BRICS CONTRA COVID-19

ONU e OMS apoiam a base informacional dos BRICS CONTRA COVID-19


O Centro informativo da ONU em Moscou e o Escritório de Representação da Organização Mundial da Saúde na Rússia apoiarão o trabalho do centro de informações da TV BRICS para combater o COVID-19 como parceiros-chave do projeto BRICS CONTRA O COVID-19.

No âmbito dessa cooperação, foi planejada a realização de trabalho conjunto com os Centros informativos da ONU no Brasil, Índia, China e África do Sul sobre a coleta e divulgação de informações confiáveis sobre o COVID-19. Também foi relatada ao Departamento de Comunicações Globais da ONU em Nova York a iniciativa da TV BRICS em organizar a troca multilateral contínua de informações sobre o desenvolvimento da pandemia do coronavírus nos países do BRICS e no mundo.

O principal objetivo do projeto BRICS CONTRA COVID-19 é combater a “pandemia de desinformação” e a onda de novas notícias falsas, observadas no espaço informacional mundial. As Nações Unidas estão focadas na resolução dessa tarefa. A disseminação de informações confiáveis, baseadas em evidências e relevantes sobre o coronavírus, bem como as medidas necessárias de combate, prevenção e outras informações vitais sobre esse vírus é um objetivo prioritário da estratégia global de informação e comunicação da ONU.

Especialistas da Organização Mundial da Saúde, que detêm as informações mais relevantes sobre o desenvolvimento da situação no mundo, também se juntarão ao trabalho do centro de informações dos países BRICS para combater a pandemia.

"Estamos convictos, que o centro de informações da TV BRICS desempenhará um papel importante de informação dos cidadãos da Rússia e de outros países do BRICS, além de expandir as possibilidades de disseminação de fatos e informações verificadas a fim de reduzir ainda mais o ritmo e a escala da pandemia", disse Vladimir Kuznetsov - Diretor do Centro de Informações da ONU em Moscou.

Os parceiros da rede TV BRICS, grupos midiáticos do Brasil, Índia, China e África do Sul já aderiram ao projeto BRICS CONTRA O COVID-19, dentre os quais a TV Globo, TV Cultura (Fundação Padre Anchieta), Funtelpa Rede Cultura de Comunicação, BRICS TV, Moja Media, Durban TV, Chengdu Radio and Television Station, Trinity Mirror e outros.

Os vídeo adaptados ao idioma russo sobre a pandemia no Brasil, Índia, China e África do Sul já podem ser visualizados no canal da TVBRICS (rede Rostelecom, canal 249) e no site da rede em uma seção especial do BRICS CONTRA O COVID-19 INFOHUB. Os visitantes do site da TV BRICS podem assistir a mensagem em vídeo do Secretário Geral da ONU Antonio Guterres, no qual ele observou a necessidade de conceder atenção especial às pessoas com deficiência na luta contra o coronavírus e suas conseqüências, além de outros materiais da ONU.

Mais sobre o tema
Quase 40% estão mais ativos em exercícios na quarentena, diz pesquisa
Mergulhadores registram branqueamento de corais em Fernando de Noronha
Novo normal? Designer cria «abajur» que protege os clientes da covid-19
Consumo de vídeo e áudio online cresce no Brasil, aponta pesquisa
Entenda por que a Covid-19 deixa as pessoas sem olfato e paladar
SP estende quarentena por 15 dias, mas anuncia flexibilização de isolamento
Mais