Taxa de câmbio:

Tempo:

Os médicos e advogados preferem não ser chamados de doutores

Os médicos e advogados preferem não ser chamados de doutores

Melania Amorim é ginecologista e obstetra. Um fato que faz parte da rotina da profissão a incomoda: o termo doutora, utilizado pelos pacientes que são atendidos por ela em um hospital público de Campina Grande (PB). "Doutor é quem tem doutorado", diz ela à BBC News Brasil. Ela explica: "Ainda assim, é um título que deve ser usado somente no ambiente acadêmico". Para ela, a palavra doutor carrega uma hierarquia que afasta médico e paciente. "Parece que o médico é sempre o detentor do saber, o todo poderoso, enquanto o paciente não sabe nada e vai se submeter passivamente àquelas orientações. Penso que isso não se admite mais na atualidade, em que a gente acredita em uma medicina baseada na humanização do cuidado", declara.

_109630727_maisa.jpg

Outra área na qual é comum que os profissionais sejam chamados de doutores, mesmo sem doutorado, é o Direito. No segmento, também há profissionais que pedem para não ser chamados dessa forma, como a promotora de Justiça Maísa Oliveira, que atua na Defesa da Cidadania de Olinda (PE), informa o repórter de tvbrics.com com referência a BBC News Brasil.

_109630417_melania.jpg

Maísa, cuja área de atuação tem contato direto com a população na busca por melhorias na prestação de serviços, afirma que tem uma relação conflitante com o fato de ser chamada de doutora. "Não sou doutora, porque não fiz doutorado. Mesmo que tivesse feito, não faria questão de ser chamada assim. Acho que o respeito pode ser expressado de outras formas, sem a utilização desse termo", diz.

No Brasil, em áreas como a Saúde e o Direito, outros diversos profissionais também são chamados de doutores – alguns, por preferência, até ostentam o título em cartões de visita ou nas redes sociais – e outros por hábito da população. O tema desperta discussões. Especialistas afirmam que devido à tradição, não é errado chamar médicos e advogados de doutores. Porém, frisam que não pode haver imposição para o uso do termo, pois na legislação brasileira não há nenhuma norma que determine que qualquer profissional sem título de doutorado seja chamado de doutor.


Mais sobre o tema
Chuva de meteoros será visível no Brasil nos próximos dias
Papai Noel gigante desapareceu na Grande BH
Com nove jogadores e técnico, Flamengo domina também o Prêmio Brasileirão
Veterinários criam hotel exclusivo para gatos, em São Paulo
Torre de TV de Brasília inaugura iluminação de Natal com shows e fogos de artifício
Portugal é referência para o Brasil em programas para idosos
Mais