Taxa de câmbio:

Tempo:

Para ver centenas de milhões de estrelas e milhões de buracos negros

Para ver centenas de milhões de estrelas e milhões de buracos negros

No verão de 2019 será enviada ao espaço a sonda espacial não tripulada Spektr-RG, com ajuda da qual os cientistas poderão criar um mapa detalhado do Universo. É o que noticia a TV BRICS, com informações da agência de notícias TASS .

Spektr-RG ou Spektr-Roentgen-Gamma é um projeto de parceria russo-germânico. Com a ajuda desta cápsula espacial, que consiste em dois únicos telescópios, os cientistas criarão um mapa detalhado em grande escala do Universo. No decorrer de quatro anos, o dispositivo irá “escanear” o céu com o auxílio de raios X de altíssima sensibilidade, para assim captar uma visão detalhada do Universo.

"Nós esperamos ver em torno de 3 milhões de buracos negros; podemos captar vestígios de ondas sonoras. Esperamos ver reflexos de 700 mil estrelas de nossa galáxia", disse Rashid Sunyaev, cientista que coordena o equipamento, acadêmico da Academia de Ciências da Rússia.

Além do mais, de acordo com o acadêmico, os cientistas desejam não apenas observar, mas acompanhar o processo de mudança dos buracos negros.

A cápsula espacial foi levada à base de lançamento de Baikonur na madrugada de 24 para 25 de abril e seu lançamento está previsto para 21 de junho deste ano.

Mais sobre o tema
Brasil terá centro avançado de inteligência artificial
Governo anuncia fundo para desenvolvimento de tecnologia no Brasil
Na Rússia, metalúrgicos "imprimem" peças em impressora 3D
China está preparando uma missão para pesquisar o asteroide 2016H03 e o cometa 133p
Cientistas da Rússia e da Índia criaram plásticos não tóxicos que se auto decompõem
“Arpão espacial” e relógios digitais inovadores
Mais