Taxa de câmbio:
RUB/BRL 0,0585
0,0004
INR/BRL 0,6217
0,0018
ZAR/BRL 2,8135
0,0186
CNY/BRL 0,711
0,0031
EGP/BRL 1,088
0,0037
AED/BRL 1,4078
0,0053
USD/BRL 5,1701
0,0196
Tempo:
Moscou 24 °C
Brasília 17 °C
Nova Délhi 36 °C
Beijing 29 °C
Pretória 12 °C
Cairo 23 °C
Teerã 29 °C
Abu Dabi 30 °C
Menu
24 °C
Moscou
17 °C
Brasília
17 °C
Nova Délhi
29 °C
Beijing
12 °C
Pretória
23 °C
Cairo
29 °C
Teerã
30 °C
Abu Dabi
RUB/BRL
0,0585
0,0004
INR/BRL
0,6217
0,0018
ZAR/BRL
2,8135
0,0186
CNY/BRL
0,711
0,0031
EGP/BRL
1,088
0,0037
AED/BRL
1,4078
0,0053
USD/BRL
5,1701
0,0196
TV BRICS Apps
Principal
Notícias
Vídeos
Menu
27.05.2416:30 Esporte
TV BRICS apoiará o desenvolvimento da Liga das Maratonas do BRICS
23.05.2410:30 Economia
TV BRICS reunirá gerentes de comunicações dos países do BRICS+ no Fórum Internacional de IT na Rússia
17.05.2411:45 Sociedade
Rede internacional TV BRICS foi apresentada em Xiamen, na China
BRICS
10.04.24 11:18
Sociedade

Presidência russa do BRICS: prioridades e metas

Para onde caminha a cooperação entre os países do BRICS em 2024


Em 1º de janeiro de 2024, a Rússia assumiu o bastão da presidência do BRICS expandido, que já inclui 10 países. Egito, Irã, Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita e Etiópia foram adicionados à composição anterior.

O lema da presidência russa do BRICS é "Fortalecer o multilateralismo, visando desenvolvimento global equitativo e segurança". Nele, se definem os rumos para a agenda:

– política e segurança;

– economia e finanças;

– contatos culturais e humanitários.

A principal tarefa da presidência russa é apoiar e fortalecer o papel do BRICS enquanto um centro de atração, dotado de autoridade, para os países que buscam uma política externa autônoma.

Os princípios dos países do BRICS incluem a igualdade soberana, a luta por um modelo justo de mercados globais e a busca por respostas conjuntas aos desafios de nosso tempo.

Eventos do BRICS na Rússia em 2024

A Rússia estabeleceu um Comitê Organizador especial interdepartamental para preparar e garantir a presidência do BRICS em 2024. Essa estrutura coordena a participação nos mecanismos do grupo das autoridades federais e regionais russas e dos círculos parlamentares, empresariais e sociais.

O Comitê Organizador realiza reuniões regulares dos Grupos de Trabalho, responsáveis por questões de política externa, financeiras e organizacionais. Todos os ministérios e órgãos, organizações públicas e outras estruturas reportam prontamente ao Comitê Organizador sobre o andamento e os resultados de seu trabalho. Em dezembro de 2023, foi aprovado o Plano de Eventos, sob os auspícios da Presidência Russa, que inclui 250 eventos. Eles serão realizados em mais de dez cidades russas.

O calendário oficial de eventos do BRICS em 2024 é denso e rico, e o escopo temático é variado e ambicioso.

No âmbito da Presidência do BRICS, mais de 200 eventos distintos foram planejados em diferentes regiões da Rússia. O ponto culminante será a cúpula em Kazan, de 22 a 24 de outubro. A lista de reuniões inclui conferências de negócios e ciências políticas, seminários para municípios, o Fórum Parlamentar e os Jogos Esportivos do BRICS. A Rússia também se concentrará no estabelecimento de vínculos na área de ciência e inovação, saúde, e no aprofundamento dos contatos entre centros científicos e acadêmicos.

Prioridades políticas da Rússia durante a presidência do BRICS

Um dos principais objetivos políticos da presidência russa do BRICS é a integração consistente e harmoniosa dos novos membros da associação em formato multilateral. A Rússia continuará a promover uma diretriz baseada em princípios, que se expressam em uma consideração mútua e consensual de interesses.

"O BRICS, especialmente devido ao número crescente de países membros, está se tornando uma plataforma importante para promover as ideias de uma nova ordem mundial equitativa. Nesse contexto, a Rússia, como presidente da associação em 2024, enfrenta a tarefa de garantir não apenas uma integração suave, mas também rápida dos novos países do grupo"

Mikhail Khachaturyan Especialista em economia dos países do BRICS, OCX e ASEAN


Na agenda da presidência russa em 2024 se inclui também: promover o desenvolvimento institucional do BRICS, aprofundar a cooperação em questões de segurança internacional nos níveis regional e global, bem como desenvolver o potencial de cooperação no combate a vários tipos de atividades ilegais.

Metas econômicas dos países do BRICS em 2024

A agenda econômica da presidência russa se concentra no fortalecimento da parceria dos países-membros do BRICS nas esferas de comércio, investimento, inovação e tecnologia e social. Para garantir um crescimento econômico robusto de todos os países do BRICS, será necessário intensificar uma cooperação multifacetada entre os círculos empresariais e ampliar os contatos comerciais, inclusive por meio de pequenos e médios empresários.

vitse-premer-rossii-i-prezident-nbr-briks-obsudili-tekushchuyu-ekonomicheskuyu-situatsiyu-v-mire (1).jpg

O trabalho no Pool de Reservas Contingentes de Divisas será continuado, em primeiro lugar, visando a transição para moedas nacionais em compensações internacionais. 

"Uma meta importante para o futuro é criar, no âmbito do BRICS, um sistema de compensações e pagamentos independente, baseado nas tecnologias mais modernas, como moedas digitais e blockchain. E, o mais importante, seria conveniente para os países, a população e as empresas, não exigiria grandes custos e estaria fora da política"

Victoria Perskaya Especialista em economia dos países da UEE, BRICS e OCX


A Rússia, enquanto presidente do BRICS, pretende intensificar o diálogo sobre o desenvolvimento industrial, com o objetivo de aumentar a produtividade do trabalho e a digitalização. Além disso, a agenda inclui o desenvolvimento da cooperação interbancária, interação em agricultura e em outras esferas.

"A Agenda 2024 do BRICS, na minha opinião, difere dos anos anteriores pelo volume significativo de tarefas específicas no campo da interação econômica entre os países membros da associação, acompanhadas de opções concretas de soluções. É óbvio que a situação atual da economia global exige que as associações de integração sejam mais ativas e precisas na implementação de projetos e programas que contribuam para melhorar a eficiência econômica dos sistemas econômicos dos países membros", comentou Mikhail Khachaturyan.

Cooperação humanitária e os Jogos do BRICS

A presidência russa está focada em aprofundar os contatos humanitários entre os países do BRICS e parceiros, inclusive nas áreas de cultura, intercâmbio de jovens, esportes e turismo. Estão planejados os Festivais de Cultura e Cinema do BRICS, os Fóruns Acadêmico e Cívico, o Fórum da Juventude e o Acampamento da Juventude, bem como o Fórum de Jovens Diplomatas. Serão realizados ainda o Fórum Internacional de Municipalidades dos países do BRICS+ e o tradicional Fórum de Cidades e Municípios Gêmeos.

Na área da saúde, será promovida a iniciativa russa de lançar o Sistema Integrado de Alerta Precoce de Riscos de Doenças Infecciosas de Massas. Além disso, a Rússia é a favor de uma coordenação mais estreita no Grupo de Trabalho da associação sobre medicina nuclear, resistência a antibióticos, desenvolvimento da medicina social e apoio a pessoas com deficiências.

Atletas de mais de 60 países foram convidados para os Jogos do BRICS, a serem realizados em junho de 2024. Seu programa inclui 29 modalidades de esportes. É um formato de cooperação multilateral entre os países-membros da associação em vários campos. Neste caso, no campo dos esportes.

o9u8982r7gktgfephvwn7x2q5i2b65ig.jpg

Um ano marcante para o BRICS+

A quantidade de interessados em se juntar ao BRICS vem crescendo constantemente. Também vem crescendo a relevância desse formato de interação com países que convergem nas ideias. Estão sendo organizadas reuniões no formato BRICS+/outreach. Em essência, trata-se do convite para as cúpulas do BRICS dos líderes de países interessados em realizar contribuições construtivas para a discussão de questões atuais das agendas internacional e regional.

Por exemplo, para a cúpula deste ano em Kazan, planeja-se convidar os chefes dos países-membros e os chefes das estruturas executivas da União Econômica Eurasiática, da Comunidade de Estados Independentes e da Organização de Cooperação de Xangai, além de, possivelmente, vários outros países e estruturas regionais.

Ao longo de 2024, o lado russo elaborará as regras de seleção e as candidaturas de países a serem admitidos no BRICS no futuro. Tanto os critérios, quanto a lista específica de países, serão acordados por todos os membros da associação e aprovados na cúpula de outubro. Serão levados em consideração o peso político e econômico de cada país-candidato, sua posição não apenas na região, mas também na arena internacional. Uma condição indispensável é apoiar os princípios da multipolaridade na governança global, bem como os valores fundamentais do BRICS, incluindo o espírito de igualdade, respeito mútuo, abertura, inclusividade e cooperação construtiva.

Fotografia: iStock
Curto
e direto ao ponto
Uma vez por semana, cobriremos as notícias dos países do BRICS
Ao clicar no botão "Assinar", você concorda com o processamento de dados pessoais

MAIS SOBRE O TEMA

28.05.2416:30 Sociedade
Presidente egípcio realiza visita de estado à China para fortalecer parceria estratégica
28.05.2413:15 Sociedade
Presidente da Bolívia descreveu o BRICS como um espaço com enormes perspectivas de desenvolvimento
28.05.2411:45 Sociedade
Lula prioriza energia verde interna para impulsionar economia e empregos no Brasil
28.05.2410:30 Sociedade
Ministério indiano promove saúde acessível
27.05.2418:00 Sociedade
Índia investe US$ 8 trilhões em novos empreendimentos na última década
27.05.2417:12 Sociedade
Dubai sedia reunião histórica sobre Fisiologia Gravitacional
Curto
e direto ao ponto
Uma vez por semana, cobriremos as notícias dos países do BRICS
Ao clicar no botão "Assinar", você concorda com o processamento de dados pessoais