Taxa de câmbio:
RUB/BRL 0,0611
0,0008
INR/BRL 0,645
0,0024
ZAR/BRL 2,9262
0,0527
CNY/BRL 0,7356
0,0017
EGP/BRL 1,1295
0,0011
AED/BRL 1,4673
0,0061
USD/BRL 5,3888
0,0225
Tempo:
Moscou 18 °C
Brasília 16 °C
Nova Délhi 38 °C
Beijing 33 °C
Pretória 11 °C
Cairo 31 °C
Teerã 26 °C
Abu Dabi 34 °C
Menu
18 °C
Moscou
16 °C
Brasília
16 °C
Nova Délhi
33 °C
Beijing
11 °C
Pretória
31 °C
Cairo
26 °C
Teerã
34 °C
Abu Dabi
RUB/BRL
0,0611
0,0008
INR/BRL
0,645
0,0024
ZAR/BRL
2,9262
0,0527
CNY/BRL
0,7356
0,0017
EGP/BRL
1,1295
0,0011
AED/BRL
1,4673
0,0061
USD/BRL
5,3888
0,0225
TV BRICS Apps
Principal
Notícias
Vídeos
Menu
11.06.2418:35 Sociedade
TV BRICS e Moscou unirão forças para promover a imagem da capital russa como um centro internacional de indústrias criativas
11.06.2412:00 Sociedade
A TV9, maior rede de televisão da Índia, e a TV BRICS promoverão conjuntamente a agenda unificada do BRICS
07.06.2412:20 Esporte
Rede de mídia TV BRICS e a Liga dos Heróis uniram forças para desenvolver esportes de massa na Rússia e nos países do BRICS
Rússia BRICS
17.05.24 12:30
Personalidades

Presidente da Câmara de Comércio e Indústria da Rússia, Serguei Katyrin: o principal desafio deste ano é a integração harmoniosa dos ‘países recém-chegados’ na agenda do Conselho Empresarial do BRICS

O Conselho elaborou um cronograma intenso de eventos por ocasião da presidência da Rússia na associação

Serguei Katyrin, Presidente da Câmara de Comércio e Indústria da Rússia, ao tomar parte do Congresso Anual de Investimentos (AIM Congress 2024) na capital dos Emirados Árabes Unidos, em entrevista exclusiva à TV BRICS, falou sobre o trabalho por ele presidido do Conselho Empresarial do BRICS. Katyrin explicou quais são as prioridades do Conselho em vista da presidência da Rússia no BRICS este ano.

Quais são as prioridades que guiam o Conselho Empresarial do BRICS este ano, tendo em vista a presidência russa do mesmo? Há alguma novidade?

Este ano nos guiamos, em primeiro lugar, pelas metas e objetivos que têm sido relevantes para o Conselho Empresarial do BRICS desde sua criação, há 10 anos. Esses objetivos são, em primeiro lugar:

  • desenvolvimento e fortalecimento da cooperação comercial, econômica e de investimentos entre os países do BRICS;
  • formação de um espaço comercial e econômico comum da associação;
  • identificação e eliminação de barreiras que impeçam o desenvolvimento das relações comerciais.

Destacamos algumas áreas prioritárias de trabalho mais relevantes e que mais correspondem à "demanda" existente na comunidade empresarial dos países-membros do BRICS.

Em primeiro lugar, a criação de uma infraestrutura de transporte e logística "contínua" dentro da associação, aprimorando as comunicações, inclusive por meio do desenvolvimento da rede ferroviária. Em segundo lugar, a criação de um sistema resiliente de compensações financeiras e serviços de pagamento, e um mecanismo para classificações de crédito do BRICS, bem como o desenvolvimento da cooperação entre os mercados de seguros. Em terceiro, a criação de uma infraestrutura digital unificada, bem como a cooperação no campo da inteligência artificial. Como já é tradição, seguimos com nosso trabalho conjunto nas áreas de agricultura, energia e formação profissional de pessoal.

O que há de novo em nosso trabalho é a integração harmoniosa dos países recém-chegados ao BRICS à agenda atual do Conselho Empresarial.

Quais eventos estão planejados pelo Conselho antes da cúpula em Kazan?

Serão realizados mais de 20 diferentes fóruns, conferências, competições, etc. Vou listar os mais importantes: Em primeiro lugar, o Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo. Como sempre, a parte russa do Conselho Empresarial estará realizando uma sessão temática do BRICS lá. Este ano, ela ocorrerá em 6 de junho. No mesmo dia, está programada uma mesa redonda sobre a cooperação das comunidades empresariais dos países do BRICS no projeto Corredor Internacional de Transporte Norte-Sul (ITC Norte-Sul).

Esses eventos serão precedidos pela realização do Concurso de Panificação dos países do BRICS. Tradicionalmente, a competição anual de melhores práticas de desenvolvimento sustentável do BRICS é realizada em outubro. O Fórum Financeiro do BRICS também está programado para ser realizado no outono [do hemisfério norte].

Quanto aos principais eventos do próprio Conselho Empresarial, eles serão realizados nos dias 17 e 18 de outubro em Moscou, no Centro de Comércio Internacional. A saber, as reuniões finais dos grupos de trabalho e a reunião anual do Conselho Empresarial do BRICS, em 17 de outubro, e o Fórum Empresarial do BRICS, em 18 de outubro. O ponto culminante de nossa agenda será a reunião dos líderes do Conselho Empresarial do BRICS com os Chefes de Estado dos países-membros do BRICS, no dia 22 de outubro, em Kazan.

Quanto à expansão do BRICS, como os novos países-membros vêm sendo integrados ao Conselho Empresarial?

Gostaria de salientar que a integração começa, em primeiro lugar, com a nomeação do presidente da seção nacional do Conselho Empresarial e dos representantes oficiais. Até o momento, apenas o Egito indicou seus representantes para o Conselho Empresarial do BRICS. No que diz respeito aos demais "recém-chegados", o trabalho vem sendo realizado por meio das missões diplomáticas desses países em Moscou, bem como pelo mecanismo de sherpas/sous-sherpas no nível do Ministério das Relações Exteriores. De nossa parte, estamos tentando aproveitar ao máximo os fóruns de negócios internacionais bilaterais e multilaterais para familiarizar nossos colegas dos novos países-membros do BRICS com o Conselho Empresarial, suas principais metas e tarefas, e para lembrá-los de que estamos aguardando a nomeação de representantes oficiais.

O tema do desenvolvimento sustentável possui suma importância hoje. Há algum evento na lista de eventos planejados relacionados a essa temática, que inclua tanto a proteção ambiental quanto a formação de um espaço mais confortável para a vida das gerações futuras?

Sim, com certeza. Em 2020, sob os auspícios da presidência russa do BRICS, a Câmara de Comércio e Indústria da Rússia, juntamente com a Agência de Iniciativas Estratégicas (ASI), lançou o “BRICS Solutions for SDG Awards”, uma competição internacional de melhores práticas em desenvolvimento sustentável. A bem-sucedida experiência permitiu transformar a competição em um dos eventos anuais do BRICS, cuja organização é repassada de país-presidente para país-presidente. Planejamos organizá-la novamente este ano. A competição terá como objetivo a busca de novas soluções e o compartilhamento de práticas bem-sucedidas entre a comunidade empresarial do BRICS no campo do desenvolvimento sustentável.

Em sua opinião, quais são os aspectos mais importantes a serem priorizados na elaboração da estratégia de negócios de uma associação como o BRICS?

Não é sem razão que a maioria dos especialistas considera os BRICS como uma força motriz para o crescimento, o comércio e o investimento globais. Essa tese se apoia no dinâmico desenvolvimento das economias dos países do BRICS, nos altos ritmos de modernização e inovação, em uma agenda de política externa coerente e equilibrada, que visa apoiar transformações socioeconômicas progressivas e garantir a estabilidade e a segurança no mundo moderno.

A participação dos países do BRICS no PIB nominal global chegará a 30% até 2030, ante 26% em 2022 e pouco mais de 8% em 2000. De acordo com algumas projeções, em 2050, o PIB combinado dos atuais membros do BRICS excederá os 90% do PIB de todos os países desenvolvidos, o que já representará um quadro qualitativamente diferente do mundo.

O potencial de cooperação econômica entre os países do BRICS é enorme. Entretanto, muito mais precisa ser feito, em primeiro lugar, visando alcançar uma maior diversificação da estrutura e das áreas de cooperação e melhorar o equilíbrio do comércio mútuo.

Para aumentar a cooperação em todas as áreas, é necessário promover o comércio e aperfeiçoar sua regulamentação, bem como criar um clima de investimento favorável dentro da associação. Em particular, o crescimento do volume do comércio exterior entre os países do BRICS poderia ser facilitado por:

  • redução das barreiras administrativas;
  • eliminação de restrições tarifárias e não-tarifárias;
  • aperfeiçoamento da base jurídico-legal.
Na agenda global, é dada muita atenção ao desenvolvimento das redes neurais. O Conselho Empresarial planeja algum evento dedicado ao uso de inteligência artificial?

Sim, sem dúvida. O fato de que a inteligência artificial está destinada a se tornar a principal tecnologia do futuro é universalmente reconhecido. Devido à grande importância desse tópico para a comunidade empresarial do BRICS, nós o destacamos como o principal tema na agenda do Grupo de Trabalho do Conselho Empresarial do BRICS sobre Economia Digital. Seu principal objetivo é formatar uma estrutura comum para o gerenciamento da inteligência artificial.

O Congresso de Investimentos será realizado pela 13ª vez. Conte-nos sua avaliação sobre a dinâmica de seu desenvolvimento e dos resultados para a Rússia nos últimos 10 anos.

O Congresso dá especial atenção às startups. O Conselho Empresarial do BRICS possui planos especiais de cooperação para apoiar esses projetos. Possui um Grupo de Trabalho sobre formação profissional de pessoal, tecnologias aplicadas e inovações, do qual participam proprietários e funcionários de startups dos países do BRICS. Assim, em 2024, mais de 700 representantes dos países do BRICS foram treinados em competências de setores de alta tecnologia e mercados promissores. Como já é tradição, representantes de startups participam ativamente do Campeonato Internacional de Tecnologias e Habilidades Avançadas do BRICS (BRICS+ Open Championship). Este ano, serão desenvolvidas soluções digitais e tecnológicas que poderão ser posteriormente levadas aos mercados dos países do BRICS+.

Como o Conselho Empresarial do BRICS vem abordando a formação da agenda de cooperação inter-regional dos países do BRICS? Há alguma área prioritária para este ano?

O Fórum Municipal Internacional dos países do BRICS+ (BRICS+ IMF), do qual o Conselho Empresarial tradicionalmente participa e fornece amplo suporte de informações, é dedicado a esse tema. A decisão de criar esse evento foi tomada na Cúpula Ministerial dos países do BRICS, realizada em julho de 2018 na África do Sul.

O Fórum está focado em:

  • desenvolvimento socioeconômico de regiões e municipalidades;
  • elevação da capacidade de atração de investimentos das cidades da Rússia e de outros países do BRICS;
  • fortalecimento das relações entre os países do BRICS.

Em 2022, pela primeira vez foi organizada uma exposição do BRICS+ IMF, onde empresas e regiões apresentaram seus produtos, projetos de investimento e realizações no desenvolvimento socioeconômico, cultural, científico e industrial.

O VI Fórum Municipal Internacional do BRICS+ será realizado de 26 a 28 de agosto em Moscou.

Como o Conselho Empresarial do BRICS contribui para a implementação dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) da ONU?

Uma das principais tarefas do Conselho Empresarial do BRICS tem sido tradicionalmente a elaboração de recomendações para os Chefes de Estado do BRICS, cuja implementação possa contribuir para o desenvolvimento sustentável tanto das economias nacionais dos países-membros do BRICS, como do BRICS de conjunto. Os ODSs da ONU incluem o combate às mudanças climáticas, a introdução de tecnologias inovadoras, o desenvolvimento de infraestrutura baseada em fontes "limpas" e o combate à fome. Todas essas questões estão incluídas na lista de tópicos sobre os quais concentram suas atividades os grupos de trabalho do Conselho Empresarial do BRICS. Os resultados do trabalho do Conselho Empresarial aparecem no relatório anual, tradicionalmente apresentado aos Chefes de Estado durante o Fórum Empresarial do BRICS. Com base nessas propostas, constroem-se orientações em nível dos governos nacionais dos países-membros do BRICS, para suas agências e organizações. O Conselho Empresarial do BRICS participa ativamente da implementação dos ODSs da ONU.

Fotografia: TV BRICS

Curto
e direto ao ponto
Uma vez por semana, cobriremos as notícias dos países do BRICS
Ao clicar no botão "Assinar", você concorda com o processamento de dados pessoais

MAIS SOBRE O TEMA

04.06.2423:20 Personalidades
Partido do Primeiro-Ministro Narendra Modi vence as eleições na Índia
30.05.2414:30 Personalidades
Xi Jinping: China e países árabes buscam modelo de cooperação global
20.05.2409:30 Personalidades
Presidente do Irã, Ebrahim Raisi, faleceu em acidente de helicóptero
19.05.2417:35 Personalidades
Helicóptero que transportava o presidente do Irã faz pouso forçado
19.04.2411:18 Personalidades
Serguei Riabkov, vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia: o BRICS está avançando e estabelecendo um importante precedente
17.04.2418:30 Personalidades
Presidente da Câmara de Comércio e Indústria da Rússia, Serguei Katyrin: especialistas esperam que o BRICS seja responsável por 90% do PIB global até 2050
1 из
12.06.2409:57 Sociedade
Dia da Rússia em 2024: história e significado
07.06.2419:00 Economia
Mônica Monteiro, Presidente do capítulo brasileiro do BRICS Women's Business Alliance: o BRICS e o WBA BRICS têm feito papel muito importante no avanço das mulheres
05.06.2413:15 Economia
Alexey Valkov, diretor do Fórum Econômico Internacional de São Petersburgo: O SPIEF é um evento global atualmente
Curto
e direto ao ponto
Uma vez por semana, cobriremos as notícias dos países do BRICS
Ao clicar no botão "Assinar", você concorda com o processamento de dados pessoais