Taxa de câmbio:
RUB/BRL 0,0932
0,0006
RUB/INR 1,4092
0,01
RUB/CNY 0,1209
0,0009
RUB/ZAR 0,2893
0,0024
BRL/RUB 10,7503
0,0157
BRL/INR 15,1489
0,0221
BRL/CNY 1,2997
0,0017
BRL/ZAR 3,1086
0,002
INR/RUB 0,7096
0,0014
INR/CNY 0,0858
0,0001
INR/ZAR 0,2052
0,0002
INR/BRL 0,066
0,0001
ZAR/BRL 0,3219
0,0004
ZAR/RUB 3,4551
0,0039
ZAR/INR 4,8689
0,0056
ZAR/CNY 0,4177
0,0004
CNY/RUB 8,2715
0,0012
CNY/INR 11,656
0,0018
CNY/BRL 0,769
0,0014
CNY/ZAR 2,392
0,0014
Moscou 13 °C
Brasília 20 °C
Nova Deli 30 °C
Beijing 26 °C
Pretória 26 °C

10:30 BRICS Inform

BRICS Inform
10:30

BRICS Inform

Reportagens nos locais dos acontecimentos, feiras e estreias, reuniões de alto nível. Matérias inter...

16+

11:00 Checklist

11:00

Checklist

As baías da Sacalina, as estepes sem fim de Elista, os milhares lagos de Altai e muitas outras belez...

16+
BRICS Inform
30.09.2216:52 Cultura
TV BRICS realiza exibições especiais como parte do Festival de Documentários "RUSSIA"
27.09.2211:13 Personalidades
TV BRICS foi apresentada aos jornalistas dos principais meios de comunicação da ASEAN
24.09.2213:47 Sociedade
Teleconferência "Rússia-Índia" com estudantes indianos estabelece relações de parceria entre os dois países
Índia
11.08.22 15:10
Personalidades

Primeiro-ministro da Índia pede uma mudança na balança comercial do país

O político também pediu para que sejam consumidos ao máximo os produtos fabricados localmente

Os estados indianos devem se concentrar em aumentar as exportações e reduzir as importações, incentivando os cidadãos a consumirem ao máximo os produtos fabricados localmente. Este foi o pedido feito pelo primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, aos líderes e aos negócios das regiões do país, informou o The Economic Times em 8 de agosto.

O pedido de Modi foi feito no domingo (7), em um discurso durante uma reunião ordinária do principal centro analítico do Governo da Índia, o Niti Aayog. Na reunião da organização, que se dedica ao desenvolvimento econômico, estiveram presentes 23 ministros, três vice-governadores e outras figuras do governo.

O primeiro-ministro falou sobre as estatísticas referentes a julho, que mostram que o déficit comercial da Índia atingiu 31 bilhões de dólares no mês em questão, o que configura um recorde. No total, nos primeiros quatro meses de 2022, o déficit superou os 100 bilhões de dólares; um ano antes, esse valor foi de 42 bilhões.

Nesse contexto, Modi pediu que todos apoiem a produção local. Ele disse ainda que esse passo deve coincidir com a presidência indiana do G20, a qual acontecerá em 2023.

"Devemos incentivar as pessoas a usarem produtos locais sempre que possível", disse ele, antes de acrescentar que essa missão deve ser prioridade de todas as forças políticas do país.

Os estados da Índia devem se dedicar à promoção dos setores do comércio, turismo e tecnologia, através das missões do país no exterior.

Fotografia: flickr.com

Оцените материал

MORE ON THE TOPIC

28.09.2216:35 Personalidades
Lavrov apoia a proposta da Índia de se tornar membro permanente do Conselho de Segurança da ONU
27.09.2211:13 Personalidades
TV BRICS foi apresentada aos jornalistas dos principais meios de comunicação da ASEAN
23.09.2215:32 Personalidades
Narendra Modi abriu Conferência Nacional de Ministros do Meio Ambiente
23.09.2211:08 Personalidades
Membros do BRICS apoiam a Presidência da África do Sul em 2023
22.09.2215:44 Personalidades
Ministro das Relações Exteriores da China se reúne com Serguei Lavrov à margem da Assembléia Geral da ONU
22.09.2211:02 Personalidades
Serguei Lavrov e Carlos França realizaram uma reunião à margem da AGNU
29.09.2209:25 Sociedade
Países do BRICS buscam ampliar cooperação na gestão de desastres naturais
22.09.2209:40 Sociedade
A enorme contribuição dos cientistas africanos na luta contra a COVID-19
20.09.2212:59 Sociedade
Expansão da cooperação econômica entre a ASEAN e a China contribui para a paz e a estabilidade na região