Taxa de câmbio:
RUB/BRL 0,0562
0,0000
INR/BRL 0,6287
0,0000
ZAR/BRL 2,7282
0,0000
CNY/BRL 0,7239
0,0000
EGP/BRL 1,0863
0,0000
AED/BRL 1,4298
0,0000
USD/BRL 5,2509
0,0000
Tempo:
Moscou 14 °C
Brasília 27 °C
Nova Délhi 33 °C
Beijing 14 °C
Pretória 23 °C
Cairo 24 °C
Teerã 24 °C
Abu Dabi 28 °C
Menu
14 °C
Moscou
27 °C
Brasília
27 °C
Nova Délhi
14 °C
Beijing
23 °C
Pretória
24 °C
Cairo
24 °C
Teerã
28 °C
Abu Dabi
RUB/BRL
0,0562
0,0000
INR/BRL
0,6287
0,0000
ZAR/BRL
2,7282
0,0000
CNY/BRL
0,7239
0,0000
EGP/BRL
1,0863
0,0000
AED/BRL
1,4298
0,0000
USD/BRL
5,2509
0,0000
TV BRICS Apps
Principal
Notícias
Vídeos
Menu
18.04.2411:18 Cultura
Jovens atores dos países do BRICS+ realizaraõ estágio em uma das melhores universidades de teatro da Rússia
11.04.2412:56 Sociedade
Por meio da rede TV BRICS, os EAU se somam à cooperação em comunicações com os países do BRICS
05.04.2416:16 Cultura
Rede de comunicações TV BRICS promove a cooperação de Cuba com os países do BRICS+ na indústria cinematográfica
Rússia BRICS
29.02.24 15:15
Economia

Putin: os países do BRICS serão capazes de gerar cerca de 37% do PIB global até 2028

O líder russo disse isso durante seu tradicional discurso à Assembleia Federal

Até 2028, os países do BRICS serão capazes de fornecer cerca de 37% do PIB global. Essa foi a declaração do Presidente da Rússia, Vladimir Putin, durante o anúncio do tradicional discurso à Assembleia Federal.

"Já em 2028, os países do BRICS, levando em conta os estados que recentemente se tornaram membros dessa associação, criarão cerca de 37% do PIB global"

Vladimir Putin Presidente da Rússia


O presidente observou que a Rússia coopera com seus parceiros com base nos princípios de igualdade e respeito pelos interesses uns dos outros e, portanto, novos e novos estados estão se juntando ativamente ao trabalho da EurAsEC, OCX, BRICS e outras associações com a participação da Rússia.

O líder destacou as perspectivas de construção de uma parceria da Grande Eurásia em conjunto com os processos de integração que envolvem a União Econômica da Eurásia e a iniciativa "Um Cinturão, Uma Rota" da China.

O presidente enfatizou que o diálogo Rússia-ASEAN está se desenvolvendo de forma positiva. "As cúpulas Rússia-África se tornaram um verdadeiro avanço. O continente africano está cada vez mais afirmando seus interesses, seu direito à soberania genuína", disse o presidente.

A aliança BRICS foi fundada em 2006. Inicialmente, incluía Brasil, Rússia, Índia e China, aos quais se juntou a África do Sul em 2011. Em 1º de janeiro de 2024, cinco economias poderosas - Emirados Árabes Unidos, Arábia Saudita, Egito, Irã e Etiópia - juntaram-se à aliança.

Fotografia: captura de tela da transmissão ao vivo
Curto
e direto ao ponto
Uma vez por semana, cobriremos as notícias dos países do BRICS
Ao clicar no botão "Assinar", você concorda com o processamento de dados pessoais

MAIS SOBRE O TEMA

21.04.2410:30 Economia
Lula da Silva favoreceu a criação de um banco sul-americano
19.04.2416:16 Economia
Teerã e Moscou finalizam um projeto de contrato para implementar acordo sobre a construção da ferrovia Rasht-Astara
19.04.2414:30 Economia
Autoridades sul-africanas irão expandir a várias outras regiões o programa de capacitação para desempregados
18.04.2412:56 Economia
Exportações de mercadorias do Egito registram crescimento significativo no primeiro trimestre
17.04.2414:30 Economia
China lança plano para impulsionar talentos digitais e promover economia digital até 2026
17.04.2412:56 Economia
Irã aumenta exportações para Rússia e Bielorrússia
19.04.2411:18 Personalidades
Serguei Riabkov, vice-ministro das Relações Exteriores da Rússia: o BRICS está avançando e estabelecendo um importante precedente
17.04.2418:30 Personalidades
Presidente da Câmara de Comércio e Indústria da Rússia, Serguei Katyrin: especialistas esperam que o BRICS seja responsável por 90% do PIB global até 2050
12.04.2415:00 Sociedade
Patricia Villegas Marín, presidenta de uma das maiores agências da América Latina teleSUR: BRICS é esperança
Curto
e direto ao ponto
Uma vez por semana, cobriremos as notícias dos países do BRICS
Ao clicar no botão "Assinar", você concorda com o processamento de dados pessoais