Taxa de câmbio:

Tempo:

AO VIVO
Бразилия
27 de agosto de 2020 10:32

Turismo ensaia retomada com novo perfil de viagens, mas recuperação será lenta

Turismo ensaia retomada com novo perfil de viagens, mas recuperação será lenta

O impacto da pandemia de Covid-19 foi brutal no setor de turismo e hotelaria. As atividades turísticas no Brasil já deixaram de faturar R$ 153,84 bilhões desde a segunda quinzena de março até o fim de julho, segundo a CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo). Com a flexibilização da quarentena, muitas pessoas voltaram a viajar, ainda que com outro perfil. Assim, a hotelaria dá sinais de início de recuperação.

“A retomada ainda está em níveis muito baixos. A demanda por hospedagens é cerca de 20% do que era no mesmo período de 2019”, diz Orlando de Souza, presidente-executivo do FOHB (Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil).

Muitos destinos turísticos ainda se encontram fechados – inclusive fronteiras entre países – e os que estão abertos funcionam com a capacidade reduzida. A expectativa é que o setor recupere os mesmos níveis de demanda do ano passado somente em 2022. Os resultados financeiros só devem se recuperar a partir de 2023, segundo Souza.

Plataformas de reservas como Airbnb e Booking notaram uma mudança no perfil das viagens em meio à pandemia. Agora, a procura é maior por viagens curtas com a família e a pequenas distâncias, para se deslocar de carro, informa o repórter de tvbrics.com com referência ao Yahoo Finanças.

No Airbnb, houve um aumento de mais de 150% na procura por destinos a até 300 km de distância de casa, em relação ao mesmo mês do ano passado. Destinos menores, perto de grandes centro urbanos, se destacam. Na Booking, a impossibilidade de viajar para outros países se reflete nas “wishlists” criadas pelos usuários com os seus locais de interesse. Os destinos domésticos estiveram presentes em 83% das criadas por brasileiros nos meses de maio e junho. No mesmo período de 2019, eles estavam em 68% das listas.

O turismo doméstico pode até ser o salvador da pátria neste momento de pandemia, mas não significa que as pessoas deixaram de lado a vontade de viajar para outro país.



Photo: pixabay.com



Mais sobre o tema
Rússia retoma ligações aéreas com quatro países
Perito relata a recuperação do turismo na África do Sul
Índia se prepara para abrir para turistas estrangeiros
Portugal reabre as fronteiras para brasileiros
Companhia aérea sul-africana volta a voar em setembro
Demanda por voo internacional ainda é 88% menor que em 2019
Mais