Taxa de câmbio:

Tempo:

AO VIVO
Китай
10 de outubro de 2021 10:29

Xinjiang torna-se o principal destino turístico da RPC

Xinjiang torna-se o principal destino turístico da RPC

A região autónoma uigur de Xinjiang está entre os dez destinos turísticos mais populares da China. Xinjiang é especialmente popular durante as férias.

Os residentes da região autónoma têm trabalhado arduamente para fazer dela um paraíso de viajantes, segundo informa CGTN.

A diversidade cultural e as paisagens maravilhosas se tornam Xinjiang um dos destinos turísticos mais excepcionais do mundo. O comércio eletrônico e a oferta de passeios turísticos individuais também contribuem para o desenvolvimento da indústria.

"Gostaríamos de destacar a cultura única de Xinjiang, oferecendo produtos temáticos para atrair mais turistas. A cultura de Xinjiang é muito diversificada – artesanato sem par, cozinha, dança e muito mais. No decorrer do Grand Bazar terão lugar muitos eventos com fins de promover nossa cultura, incentivar as vendas de produtos relacionados", relatou Wang Zhizhong, diretor geral do Grande Bazar internacional em Urumqi.

Xinjiang é famoso pelas suas frutas, nozes e especiarias, que adquirem um sabor surpreendente graças ao seu clima ameno e quente. O comércio electrónico permite às empresas locais promover os produtos agrícolas Xinjiang tanto na China como no estrangeiro.

"Nós temos um sistema de vendas online e offline. Neste momento existem quatro lojas físicas em Urumqi e esperamos mais no futuro. Para o comércio eletrônico, lançamos lojas em plataformas como Douyin, Taobao e WeChat. Além disso, também estamos trabalhando com clientes corporativos para criar lojas virtuais em seu sistema de gestão de compras", declarou Li Shuang, gerente de marketing da empresa de processamento de alimentos Runyi.

Devido ao crescimento rápido do comércio eletrônico na China, Xinjiang também se ajustou para criar mais canais de marketing, desde o streaming até à marca multiplataforma.

"Xinjiang colhe fruta em junho, julho e agosto. Os turistas podem saborear todas as frutas do nosso bazar. Se gostarem deles, podemos encomendar diretamente a fruta a partir do nosso sistema online e mandar entregar a mercadoria à sua porta. Por isso, quando eles voltam para casa, a fruta já está esperando por eles lá", explicou Wang Zhizhong, diretor geral do Grande Bazaar internacional em Urumqi.

Graças às deliciosas uvas, a indústria vinícola de Xinjiang está florescendo.

"A nossa adega tenta de satisfazer todas as necessidades do mercado. Ajustamos a produção, o sabor e a quantidade de acordo com as mudanças na demanda. Cada barril, que cabe cerca de 300 garrafas, pode ser elaborada de acordo com as preferências individuais do cliente", apontou Zhang Lizhong, engenheiro sênior da Huoshan Winery.

Xinjiang pretende duplicar a área de plantação de uvas para mais de seiscentos quilómetros quadrados. Também está sendo dada muita atenção ao desenvolvimento do setor de produção, logística e serviços de vendas on-line. Tudo isto está ligado à crescente popularidade do vinho de Xinjiang.



Mais sobre o tema
Governo lança guia com ações para retomada econômica do turismo
Brasil reduz restrições para viajantes de Reino Unido, Irlanda do Norte, África do Sul e Índia
Rússia retoma ligações aéreas com quatro países
Perito relata a recuperação do turismo na África do Sul
Índia se prepara para abrir para turistas estrangeiros
Portugal reabre as fronteiras para brasileiros
Mais