Taxa de câmbio:

Tempo:

Brasil expõe na World Dental Show na Índia

Brasil expõe na World Dental Show na Índia

Com mercado crescente que, em breve, demandará uma quantidade ainda maior de produtos para a saúde, a Índia chama a atenção da indústria brasileira. Para apresentar a qualidade da produção odontológica nacional, quatro fabricantes estarão na World Dental Show em um pavilhão organizado pelo Brazilian Health Devices, projeto setorial executado pela ABIMO em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

O evento, que é reconhecido como a maior feira dental da Ásia, será realizado entre 18 e 20 de outubro em Mumbai, uma das cidades mais populosas da costa oeste da Índia, apontada como o polo financeiro e cultural do país.

Confiante de que a participação na World Dental Show será extremamente proveitosa para os fabricantes brasileiros, Larissa Gomes, supervisora de projetos e marketing internacional da ABIMO, reforça a importância do mercado indiano para quem busca novas oportunidades no cenário internacional. “Na Índia há uma classe média ascendente que trará uma demanda cada vez maior de dispositivos para a saúde. Inclusive na área da odontologia, que tem espaço garantido entre as classes de maior poder aquisitivo”, declara.

Motivado com a presença dos produtos brasileiros na feira, o doutor Ashok Dhole, secretário-geral honorário da World Dental Show, visualiza um bom relacionamento entre Brasil e Índia. “Estamos felizes em receber o pavilhão do Brasil e esperamos construir uma forte aliança entre os dois países, gerando novas oportunidades de negócios no setor odontológico e contribuindo para a prosperidade do comércio bilateral”, afirma.

Segundo Rafael Cavalcante, coordenador de acesso a mercados da ABIMO, a região é bastante competitiva em preço e o produto brasileiro é bem-visto pelos compradores locais. “Com ótima relação custo-benefício, nossos produtos podem se destacar em meio à grande oferta de itens de menor preço, mas também de menor qualidade”, enfatiza.

Ele vê, com o crescimento da classe média, a existência de ótimas oportunidades para a odontologia ampliar o campo de atuação, mas há desafios a serem superados. “Há certo protecionismo para a entrada de manufaturados com concorrentes locais e, apesar do processo regulatório local estar se estruturando melhor nos últimos anos, ainda enfrentamos burocracias e morosidade”, pontua.

Com balança comercial favorável, a relação entre Brasil e Índia no comércio de produtos para a saúde tem espaço para ser ampliada. Hoje os itens mais exportados aos dentistas indianos são aparelhos para odontologia, aparelhos dentários de brocar, artigos de prótese dentária, cimentos para obturação e cadeiras de dentistas.

Mais sobre o tema
Vermelho escarlate colore Campinas
Brasília recebe XI Reunião do Brics nos dias 13 e 14 deste mês
Maria Bethânia entra no Instagram e ganha as boas-vindas de Gal Costa
“Paciência, por favor. Minha mãe fez cirurgia”: Filha põe cartazes em caminhonete para justificar lentidão em viagem
Em Brasília, jovens líderes propõem soluções para alimentar um planeta faminto
Dia 05 de Novembro, dia Nacional da Língua Portuguesa
Mais